18/5 a 5/6 - Magia das cores - Simone Santos
Temática revelada através de paisagens românticas, reforçadas e agraciadas por toques de sensibilidade, cheios de movimento e ritmos.

  Adriana Garibaldi
   Regina Pujol
  Cláudio Dantas
  Bea Machado
  Rodolfo Bermudez
  Eduardo Arguelles
  Dora Parentes
  Carlos Dangeli
  Sansão Pereira
  MARTINOLLI
  Cássio Mello
  Walmir Teixeira
  Roberto Melo
  Raquel Taraboreli
  Cláudia de Vilafamés
  Mary Lúcia Al Assal


  Margarita Farré
  Hildebrando Lima
  Marcelo Neves
  Santos Lopes
  Osmundo Teixeira


Marcelo Neves

cadastrado no grupo de escultores

obra exposta na galeria

 

Marcelo Neves

É um jovem e promissor talento no mundo das artes. Sua sensibilidade ao observar a anatomia humana, a forma dos objetos e a sua ocupação no espaço, fez com que ele desenvolvesse esculturas exuberantes. A anatomia surpreendente, os volumes impressionantes e a leveza dos gestos, tudo muito sutil, faz como se a vida ali existisse com graça e beleza.
Nas figuras magras se tem as linhas alongadas e esguias. Marcelo nas suas peças substancia os volumes, tudo proporcional, de forma a evidenciar as dobras da pele e as protuberâncias características da anatomia, sem parecer um corpo exagerado.
A matéria é o bronze; a elaboração parte de seus desenhos a carvão e evoluem para seu manuseio com a argila onde a figura toma suas formas. Todos os cuidados são importantes até a finalização com a fundição e os acabamentos das texturas e pátinas. O resultado é maravilhoso. As personagens são figuras gordas que dançam ou um tango argentino ou um frevo. Outras praticam esportes com bambolê, fitas ou pulando corda. Tudo com leveza e graciosidade. Seu “São Francisco” também é gordo, contrariando a figura magra do santo. A escultura “Pensando em ti” é uma releitura do Pensador de Rodin, com a dúvida: comer ou não comer? Assim, ele nos surpreende com obras divertidas e inteligentes, dando-lhes expressões marcantes e vida própria.
Marcelo Neves teve influências marcantes na sua formação: uma foi a Virgem de Willendorf, uma estatueta com 11,1cm de altura, representando estilisticamente uma mulher gorda, descoberta no sítio arqueológico do paleolítico situado perto de Willendorf, na Áustria, em 1908. Estima-se que tenha sido esculpida entre 22 e 24 mil anos atrás. Outra foi Botero, artista colombiano, famoso por seus personagens gordos pintados ou esculpidos e expostos em todo o mundo. Os animais e os objetos volumosos também o inspiram. 
O resultado é uma incrível beleza e harmonia, a espiritualidade transborda num prazer mágico, lúdico e de grande humor.                                                                   

Faz parte do acervo da Manolo Saez Galeria de Arte - Curitiba - PR.

Galerias

Manolo Saez Galeria de Arte – Curitiba – PR. - Brasil
Marcelo Neves São Paulo Brasil
Marcelo Di Gianni, Buenos Aires, Argentina.
Hilda Araújo Escritório de Arte São Paulo Brasil

Participações

2007 - Salão de arte Hebraica - São Paulo - Brasil
Faz parte do acervo da Pinacoteca de Ponta Grossa, Paraná
Passa a fazer parte do Acervo do Mosteiro de São Bento – SP
2007 – Exposição Coletiva Beneficente – Manolo Saez Galeria de Arte - Curitiba - PR
2008 - Salão de arte Hebraica - São Paulo - Brasil
2008 - Feira de Daslu Arte São Paulo 
2008 - Chapel  Art Show São Paulo Brasil